Saiba quais países permitem estudar e trabalhar durante o intercambio

Você sabe quais são os países de língua inglesa que permitem o estudante estudar e trabalhar durante o intercâmbio? Não? Pois a gente vai te ajudar!

Quando se trata de estudar fora, em outro país, muita coisa é colocada em pauta. Além da cultura local, muitos estudantes buscam a oportunidade de ingressar no mercado de trabalho, melhorar seu currículo profissional e até levantar uma graninha para se manter no local, por isso, saber melhor quais países te permitem trabalhar legalmente neste período é importante.

Se você é do time da galera que quer ter uma experiência profissional na prática e levantar uma grana para conseguir fazer o intercâmbio sem perrengues, este artigo é perfeito para você. Confira a seguir os países que listamos e que permitem essa jornada dupla entre trabalho e estudo!

Estude e trabalhe na Irlanda

Se você pretende estudar e trabalhar no intercâmbio, a Irlanda é uma excelente opção. Além de ter benefícios como facilidade na obtenção de visto, viver em um país com uma cultura riquíssima, ter oportunidade de visitar toda a Europa, morar em um país acessível e hospitaleiro, você conseguirá trabalhar de forma legalizada enquanto estuda.

Para conseguir fazer o intercâmbio de estudo e ao mesmo tempo ganhar uma grana e uma rica experiência de trabalho e cultura, o estudante não precisa de um visto antecipado, apenas é necessário passaporte válido para o período, a compra de um curso de no mínimo 25 semanas, ou seja, 6 meses, e vontade para embarcar nesta aventura. O visto de estudante com permissão de trabalho é emitido no próprio país e o intercambista pode trabalhar até 20h semanais durante o período letivo e 40h nas férias escolares.


LEIA TAMBÉM: Por que fazer intercâmbio na Irlanda?

Estude e trabalhe na Austrália

Outro país para quem pretende estudar e trabalhar no intercâmbio é a Austrália. O melhor é que a terra do canguru te dá permissão de trabalho logo no momento da retirada do visto. Para tirar o visto há uma condição, no caso é que ele não seja emitido com mais de três meses de antecedência do inicio do curso, então atenção para isso.

Existe uma diferença de quem vai para o país fazer curso de inglês, técnico, graduação ou pós sem pesquisa e para quem vai fazer cursos de pós com pesquisa.

Para cursos de inglês, técnico, graduação e pós-graduação sem pesquisa a carga horária permitida para trabalho é de até 40h quinzenais durante época de estudos e ilimitado nas férias. Já para estudantes que embarcam no intercâmbio com pós-graduação com pesquisa, a carga horária é ilimitada em qualquer período.

Outra diferença é que o estudante que pretende prolongar esse intercâmbio de estudo e trabalho, pode conseguir ao terminar o curso universitário no país. Para casos de bacharelado, o estudante consegue um visto de permanência por 2 anos, já os cursos de mestrados research, o visto concedido ao estudante vale por 3 anos. Por fim, os doutores que se formam no país, conseguem ficar por lá com visto por até 4 anos. É uma excelente oportunidade!


LEIA TAMBÉM: Saiba quais os países mais procurados pelos brasileiros para fazer um intercâmbio

Estude e trabalhe o Canadá

Querido por muitos brasileiros e estudantes de todo o mundo, o Canadá é um dos países que permitem estudo e trabalho durante o intercâmbio.

A diferença do Canadá para outros países que permitem o intercambista estudar e trabalhar, é que lá não basta estar matriculado em um curso de idioma. O estudante além do curso de idioma precisa estar em um curso vocacional, oferecida por uma instituição de ensino que é conhecida como Career College. Lá é possível ter contato com áreas de administração, marketing, TI, design etc.

A seleção para o trabalho acontece online e existem um banco de dados de profissionais dentro de um programa de imigração que se chama: Express Entry.

O Canadá é conhecido por abrigar muitos brasileiros, sendo um país receptivo, muito bem estruturado e com destaque internacional em várias questões. Vale o investimento de passar um período neste lugar!


LEIA TAMBÉM: [VÍDEO] Canadá para Intercambistas – O destino mais procurado pelos brasileiros

Estude e trabalhe nos Estados Unidos

Sim! O queridinho dos brasileiros, os Estados Unidos, oferece opção de estudo e trabalho durante o intercâmbio.

Os programas de Au Pair; os que oferecem estágios ou trabalhos voluntários são extremamente populares no país e as vagas são para todo o território estadunidense.

Mesmo que você queira fazer apenas turismo, ou estudar o visto americano é obrigatório, porém um dos mais “chatinhos” de conseguir.

Regiões dos Estados Unidos, como o caso de Maine, oferece programas que incentivam a imigração justamente para preencher as vagas de mão-de-obra especializadas que faltam no local, dessa forma, é possível permanecer legalmente no país e ajudar a economia e crescimento local. Por ser um país desenvolvido os Estados Unidos dá abertura de crescimento profissional para quem realmente quer crescer.

Por que optar por países que te permitam estudar e trabalhar?

Essa pergunta é simples de responder. Quando você opta por fazer um intercâmbio em um país que te permite trabalhar, é muito mais fácil você se adaptar ao local, pois terá uma rotina como as pessoas do país, além de ter oportunidade de conhecer gente da sua área, ou qualquer outro cidadão que possa te gerar uma oportunidade legal, seja profissional, pessoal, cultural etc.

Por estar trabalhando sua percepção e desenvolvimento da língua acontece de forma mais rápida e natural, te permitindo uma fluência mais certeira. Além do mais, é ótimo poder ganhar seu próprio dinheiro e se manter sem se preocupar com isso por meses.

Que tal se aventurar pra fora do Brasil, aprender um novo idioma e de quebra vivenciar uma nova cultura? Conte com a gente! Solicite um orçamento pelo email [email protected]

Redação Click

Adicionar comentário